Irapuan Costa Junior
Irapuan Costa Junior

Sucessora no Sarah Kubitschek rejeitou proposta milionária do Qatar

Lúcia Willadino Braga: disposição para servir o paciente com qualidade e eficiência

Lúcia Willadino Braga: disposição para servir o paciente com qualidade e eficiência

Aloysio Campos da Paz deixa uma herdeira profissional: a coautora de seu livro “Método Sarah de Rea­bi­­litação Baseada na Família”, a neuropsicóloga, música (e hoje presidente do Sarah), Lúcia Willadino Braga. Ela, que entrou na existência do hospital (melhor dizer dos hospitais Sarah Kubitschek) despretensiosamente, imbuiu-se, com o passar dos anos, do espírito de dedicação, sacerdócio, inovação e profissionalismo de Aloysio Campos da Paz. Acabou, naturalmente, por simples gravidade, tornando-se sua substituta e sucessora.

A revista “Veja” de 23 de maio do ano passado traz uma reportagem sobre a cientista. Entre outros fatos, reporta que ela teve oferta milionária do Qatar para se mudar para o emirado e lá trabalhar. Possivelmente ganharia dez vezes o que percebe no Sarah. Não quis trocar o prazer e a devoção profissionais pela fortuna, tal como fizera Aloysio no início de sua carreira. Rendemos nossas homenagens a ela.

O Sarah é hoje mais difundido pelo tratamento perfeito que deu a famosos, como o músico Herbert Viana, o escritor Jorge Amado, ou o humorista Millôr Fernandes. Minis­tros, senadores, deputados e autoridades várias experimentaram seu tratamento e falam maravilhas.

Mas para Aloysio eles não fo­ram di­ferentes dos outros milhares de a­nô­nimos que provaram os mes­mos cui­dados, pelos mesmos profissionais, com o mesmo respeito e com o mesmo carinho. Quan­do morre e dei­xa uma lição clara, que cabe aos que ficam aprender e praticar, Aloy­sio Campos da Paz cumpriu sua missão na Terra, exemplarmente. Espe­ra­mos que seu comportamento sirva, e­fetivamente, de lição e que o percebam os que têm responsabilidade na saúde pública. Podemos, sim, ter uma saúde de primeiro mundo, desde que exista dedicação, honestidade e vergonha na cara. Essa, a lição que Aloysio mostrou de sobra.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.