Jovens de 12 a 20 anos têm até a próxima segunda-feira, 27, para inscreverem em cursos gratuitos de robótica do laboratório Include. Estão sendo oferecidas 1.950 vagas apra alunos matriculados na rede pública de ensino ou que possuem bolsa integram em instituições privadas.


Para se candidatar a uma das vagas, é preciso morar na cidade em que o laboratório se encontra. O curso é presencial, tem duração de quatro meses e é dividido em módulos como cultura maker e programação. Os interessados podem fazer a matrícula no site https://institutocampusparty.org.br/inscricao-de-alunos/.


As aulas começam já na próxima segunda-feira, 27. A ação é uma parceria do Governo de Goiás, por meio da Secretaria de Ciência, Tecnologia e Inovação (Secti), com o Instituto Campus Party.


Goiás é o Estado com maior número de laboratórios Include do país. São 26 unidades distribuídas em 23 municípios de todas as regiões. Cada unidade tem 75 vagas para cursos de robótica, com metodologia e linguagem de software e hardware. Os laboratórios têm o objetivo de inserir jovens de comunidades carentes nos ambientes digitais, levando o conhecimento dessas novas tecnologias e abrindo oportunidades de ingresso ao mundo digital, estudos e mercado de trabalho.


O secretário de Ciência, Tecnologia e Inovação, Marcio Cesar Pereira, afirma que os laboratórios Include têm revelado talentos com altas habilidades no desenvolvimento de tecnologias. “As primeiras turmas já resultaram em projetos sensacionais, em que os alunos criaram mecanismos com foco na solução de problemas da comunidade. O objetivo do programa é justamente este, despertar o interesse dos jovens e identificar aptidões, para formar futuros profissionais do mercado de tecnologia”.


Os laboratórios estão instalados nos municípios de Alto Paraíso (no distrito de São Jorge), Anápolis, Aparecida de Goiânia, Aruanã, Caldas Novas, Catalão, Cavalcante, Cristalina, Goiânia (Jardim Novo Mundo, Setor Santos Dumont, Jardim Guanabara), Itumbiara, Jataí, Luziânia, Pirenópolis, Rio Verde, São Luís de Montes Belos, Trindade, Uruana, Valparaíso, Porangatu, São Miguel do Araguaia, Mozarlândia, Monte Alegre e Mambaí.