Zé Antônio enfrenta uma oposição poderosa em Itumbiara. Mas dividida

O psiquiatra Murilo Borges quer “curar” a política do município. Gugu Nader e Álvaro Guimarães são cotados

A ex-deputada Eliane Pinheiro (PSDB), numa visita ao Jornal Opção, disse que o prefeito de Itumbiara, José Antônio, “repensou sua gestão e pode ser reeleito”. Ele deve sair do PTB, brevemente. Tem convite de vários partidos — inclusive do MDB do ex-deputado federal Daniel Vilela.

No momento, a situação de Zé Antônio não é das melhores, apesar de que está viajando menos e está mais focado na administração da cidade. Seu desgaste tem duas explicações. Primeiro, sua gestão é mesmo de baixa qualidade, por falta de foco e planejamento. Segundo, os pré-candidatos batem nele de manhã, à tarde, à noite e, na madrugada, descansam a língua para falar mal no dia seguinte.

Gugu Nader (PSL), José Antônio (PTB) e Dione Araújo (DEM): os três são cotados para disputar a eleição de 2020 | Fotos: Jornal Opção

Uma das surpresas eleitorais do município pode ser o psiquiatra Murilo Borges, que, embora não tenha tradição política (mas disputou mandato de deputado estadual, em 2018, e obteve pouco mais de 12 mil votos — muito considerado sua escassa estrutura), é apontado, no momento, como favorito.

Álvaro Guimarães, deputado estadual pelo DEM | Foto: Fernando Leite/Jornal Opção

O deputado estadual Álvaro Guimarães, do DEM, afirma que não será candidato. Mas é o preferido do DEM e do governador Ronaldo Caiado para a disputa. Ele aparece bem nas pesquisas e é respeitado pelos eleitores — dada uma vida de seriedade na política. Se não for candidato, o Democratas tende a bancar o empresário Dione Araújo, que, embora seja competente no setor privado, não é popular, pelo menos não tão popular quanto Álvaro Guimarães.

Murilo Borges é pré-candidato a prefeito de Itumbiara | Foto: Reprodução

O médico Rogério Rezende responde a processos judiciais e está afastado da Câmara Municipal. Como não teve os direitos políticos suspensos, pode ser candidato a prefeito. Ele pertence ao PL, mas o partido tem forte ligação com Álvaro Guimarães.

Rogério Rezende e Álvaro Guimarães estão rompidos, politicamente, ainda que o médico seja casado com uma sobrinha do deputado.

Gugu Nader, que está sendo disputado pelo PSL (prefere este partido) e pelo Pros (que lhe oferece estrutura), é um dos favoritos. É o vice-prefeito da cidade, mas é boicotado pelo prefeito Zé Antônio. Este quer “caçar” o vice e o vice quer “cassá-lo” (vale notar a diferença entre caçar e cassar).

As oposições são poderosas, potencialmente demolidoras para o prefeito Zé Antônio. Mas aliados deste apostam que, com um número expressivo de candidatos, o prefeito pode ser eleito com 30 ou 35% dos votos. Há a crença de que o “excesso” de postulantes, longe de prejudicar, podem ajudá-lo.

2 respostas para “Zé Antônio enfrenta uma oposição poderosa em Itumbiara. Mas dividida”

  1. Gustavo Faria disse:

    Oposição só tem doido, tamo ferrado. Kkkkkk

  2. Rhulio disse:

    Tudo essa briga não passa de teatro bem arquitetado.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.