Vinicius Luz, do tostão, vence Victor Priori, dos milhões, em Jataí. O povo proclamou: “Fiat lux”

A determinação do candidato do PSDB foi decisiva para os eleitores darem atenção às suas ideias e projetos

Vinícius Luz durante evento da campanha | Foto: reprodução

Vinícius Luz: fiat lux em Jataí | Foto: reprodução

Nos últimos quatro anos, Vinicius Luz pôs uma ideia na cabeça: seria candidato a prefeito de Jataí. O tucano decidiu estudar os problemas do município e pesquisar soluções para eles. Ao mesmo tempo, procurou manter-se em contato permanente com o povo da cidade, dialogando, mais ouvindo do que falando. Fazia, de maneira discreta, o seu papel de político atento aos clamores do povo, da sociedade. Do outro lado, Victor Priori apresentava-se como candidato a prefeito, mas não mantinha contato com as pessoas. Porque parece acreditar que apenas com a força do dinheiro se pode ganhar uma eleição. Ele sequer observou seu próprio histórico: nunca ganhou eleição para prefeito e deputado, sempre perdeu. Porque não faz um trabalho político, de base — confiando sempre na sua fortuna.

Enquanto Vinicius Luz procurava agregar novas forças, compondo com o PSD da advogada Simone, uma força nova e ética da política local, Victor Priori buscou aliados de fora de Jataí para bancar sua candidatura. Aliou-se ao senador Ronaldo Caiado, trocando o PSDB pelo DEM, e pediu ao prefeito de Aparecida de Goiânia, Maguito Vilela, que o bancasse para prefeito de Jataí. Sem considerar as forças locais, Maguito de fato impôs Victor Priori como candidato, atropelando o principal político do PMDB no município, o prefeito Humberto Machado, que não aceitava o candidato do DEM, por vários motivos, entre eles saber que se trata de um cavalo boliguaio. Resultado: enquanto Victor Priori avaliava que tinha o apoio do PMDB, por contar com a “força” de Maguito, Humberto Machado decidiu ficar quieto na prefeitura e em sua casa. Ele chegou a liberar seus aliados para votarem em quem quisesse. O líder do DEM não deu a devida atenção a este movimento.

Vinicius Luz, quando saiu as primeiras pesquisas, era perguntado: “Vai desistir?” É que Victor Priori aparecia em primeiro lugar nas pesquisas de intenção de voto e, claro, é endinheirado. As respostas do jovem vereador eram sempre as mesmas: “Não desisto nunca” e “anote e me cobre depois: vou ser eleito prefeito de Jataí”. Jornalistas que não conhecem sua determinação perguntavam, nos bastidores: “Será que o jovem está ficando maluco?” Não estava. Ele conhece como poucos os eleitores de Jataí, sobretudo seus humores. Pesquisas qualitativas sugeriram que o eleitorado queria mudança, e Vinicius Luz, e não Victor Priori, era quem simboliza a mudança.

Com sua determinação habitual, dotado de uma vontade férrea, Vinicius Luz não parava de trabalhar. Seus aliados, notando que se tratava de um político incansável, começaram a segui-lo de maneira ainda mais apaixonada. Nos debates e nas reuniões, o que se via era um jovem ponderado, conhecedor de tudo a respeito de Jataí. Falava de suas ideias, apresentava projetos. Aos poucos, foi sendo compreendido e suas ideias reverberaram em toda a cidade. Do outro lado, com o dinheiro sempre em primeiro lugar, era um vazio de ideias.

Quando uma pesquisa mostrou que Vinicius Luz estava se aproximando de Victor Priori, os eleitores se empolgaram ainda mais. Aí, na pesquisa seguinte, o tucano apareceu em primeiro e foi uma apoteose na cidade. Todos viram que o tostão, quando amparado por boas ideias, pode derrotar os milhões dos poderosos. A consagração maior se deu nas urnas, quando os eleitores mostraram que havia um voto silencioso a favor de Vinicius Luz, e que só seria apresentado no dia da eleição.

A vitória de Vinicius Luz é a vitória da renovação e de que novos tempos chegaram ao município de Jataí. A derrota de Victor Priori é uma lição para os que acham que o dinheiro pode tudo, inclusive comprar consciências e votos (vale acrescentar que, ao dizer que a Perdigão seria reaberta em Jataí, logo sendo desmentido pela empresa, o postulante do DEM provou que a verdade, para ele, não vem em primeiro lugar e pode ser sacrificada).

Fiat lux em Jataí.

Números da eleição em votos e %

Vinicius Luz/PSDB – 24.902 votos ou 51,48%

Victor Priori/DEM – 20.744 votos ou 42,89%

José Herculano/PROS – 2.724 votos ou 5,63%

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.