“Vilmar Rocha vai ser eleito senador por Goiás. A hora da virada está próxima”, diz Felisberto Jacomo

Felisberto Jacomo respira política 24 horas por dia. Com pouco mais de 70 anos, parece um garoto quando discute política e, sobretudo, o governo de Marconi Perillo — que avalia como um dos melhores da história de Goiás. “Senão o melhor”, frisa.

Jacomo avalia que o governador Marconi Perillo vai ser reeleito no primeiro turno. “É uma forma de o eleitor goiano agradecê-lo pela gestão modernizada, com obras no campo da infraestrutura e com investimento no ser humano, como a bolsas Universitário e Futuro.”

Porém, se Marconi ao menos está garantido para o segundo turno, a situação do candidato a senador da base governista, Vilmar Rocha, não é nada fácil. “Na verdade”, frisa Jacomo, “a situação é menos complicada do que parece. Observe-se que o deputado federal Ronaldo Caiado é o mais conhecido, mas tem apenas 33% das intenções de voto. Vilmar está crescendo, de maneira consistente, e, segundo uma pesquisa, já chegou a 18%. A virada vai dura, mas, até o final do mês, os goianos vão perceber que tem um candidato mais consistente para participar da vida do Senado. Vilmar não é um troglodita. Pelo contrário, é um homem civilizado, culto e talhado para os debates e comissões do Senado. Ao contrário de Caiado, que entende pouco de leis, Vilmar é professor de Direito. Sobretudo, o presidente do PSD é um democrata”.

 

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.