O parlamentar frisa que o prefeito de Goiânia põe estudantes em contêineres e não contrata pediatras para os postos de saúde

O vereador Lucas Kitão afirma que o prefeito de Goiânia, Iris Rezende (MDB), de 86 anos, preocupa-se basicamente com obras físicas, como viadutos e pavimentação de ruas, mas não com os seres humanos, notadamente os mais pobres.

Lucas Kitão, vereador: “Eleitor dará seu recado a Iris Rezende em 2020” | Foto: Jornal Opção

“Iris Rezende está melhorando a Rua 90, por onde passam os ônibus do transporte coletivo, o que é meritório, mas ele não se preocupa em melhorar o transporte em si, que continua deficitário. Com quase 1 bilhão de reais em caixa, de empréstimo e de economias feitas em dois anos e sete meses, o prefeito poderia melhorar a saúde e a educação. Mas não se interessa pelas duas áreas. Ele poderia fazer salas de aula de alvenaria, mas prefere manter alunos em contêineres. Quer dizer, é a velha política… do século passado, ou melhor, do século 19. Os postos de saúde estão abandonados. Alguns postos de saúde não têm estrutura mínima. Há, por vezes, um pediatra para um grupo de 500 mil habitantes. E o IPTU de Goiânia é caríssimo, um dos mais altos do país”, afirma Lucas Kitão.

Na questão da drenagem de ruas, “Iris Rezende não dá a mínima”, afirma Lucas Kitão. “O ser humano, insisto, não tem valor para Iris Rezende — exceto como eleitor. Na avaliação dele, os eleitores se importam mais com um viaduto (ou trincheira) vistoso com um posto de saúde bem feito ou com uma escola de alto nível.” O vereador sugere que o alcaide está na contramão da história. “Os eleitores darão o recado na disputa de 2020. Ele verá.”