Vanderlan Cardoso põe Simeyzon Silveira no lugar de Joaquim Liminha no comando do PSC

Motivos: Joaquim Liminha apoiou Marconi Perillo em 2014 e, quando o empresário rompeu com o prefeito Misael Oliveira, decidiu ficar ao lado do líder do PDT

Vandelan Cardoso e Symeizon Silveira

O empresário Vanderlan Cardoso, pré-candidato a prefeito de Goiânia pelo PSB, prometeu e cumpriu: arrancou Joaquim Liminha da presidência do PSC em Goiás e impôs em seu lugar o deputado estadual Simeyzon Silveira (de barba na foto, ao lado de Vanderlan Cardoso). O argumento, o que se não comenta às claras, é o seguinte: Joaquim Liminha é visto pelo vanderlanismo como “traidor”. Porque, quando rompeu com o prefeito de Senador Canedo, Misael Oliveira, Vanderlan Cardoso exigiu que seus aliados se afastassem, imediatamente, do líder do PDT. Como o presidente do PSC optou por ficar com Misael Oliveira, alegando que havia apoiado sua eleição e que estava comprometido com seu projeto político-administrativo, Vanderlan Cardoso decidiu expurgá-lo da chefia do partido.

Há outro pano de fundo. Em 2014, Vanderlan Cardoso convocou seus liderados e exigiu que não apoiassem Marconi Perillo no segundo turno. Joaquim Liminha, amigo do tucano-chefe e seu aliado histórico, decidiu apoiá-lo. Vanderlan Cardoso jurou “vingança eterna” e, agora, cumpriu o que havia prometido fazer.

Publicamente, aliados de Vanderlan Cardoso afirmam que o empresário não tem nada a ver com substituição, pois pertence ao outro partido. Nada mais falso. Mesmo com Joaquim Liminha presidente, até as rebeliões de 2014 e 2015, Vanderlan Cardoso sempre mandou no PSC em Goiás. Tanto que sua mulher, Isaura Cardoso, era vice-presidente do partido.

Simeyzon Silveira, de 37 anos, toma posse no comando do partido na terça-feira, 5, no Hotel Serras de Goyaz, no Centro de Goiânia. Provando que manda no PSC, Vanderlan Cardoso anunciou, por meio da assessoria de Simeyzon Silveira, está presente à posse do preposto.

Agora, com a “intervenção”, o PSC vai apoiar Vanderlan Cardoso para prefeito de Goiânia e não vai apoiar o candidato bancado pelo governador Marconi Perillo.

Vanderlan sempre desconfia de seus comandados

Leia no link a seguir reportagem que sugere que Vanderlan Cardoso sempre desconfia de seus chefiados e quer controlá-los com pulso de ferro. Pela notícia acima, o empresário conseguiu enquadrar o deputado.

http://www.jornalopcao.com.br/posts/ultimas-noticias/vai-ter-de-reconquistar-minha-confianca-diz-vanderlan-sobre-simeyzon

 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.