A TV UFG exibiu longa reportagem sobre a ocupação das escolas. Só apresentou a versão dos ocupantes, quando o certo deveria ouvir os dois lados da questão. Quem viu q matéria, ficou com a impressão de que a TV UFG faz um jornalismo meia-boca, que descamba para militância política. E o que é pior, pago com dinheiro público.

A acrescente-se que a TV UFG é séria e que deve ter ocorrido apenas um deslize.