O vice-prefeito de Aparecida de Goiânia, Ozair José, é o candidato preferido da cúpula tucana para prefeito do município. Mas, segundo um aliado, “está financeiramente quebrado — usando um Corolla velho, cujo apelido é ‘Me Leva Para a Oficina’ — e não tem recursos para bancar uma eleição nem para síndico.

O PMDB de Gustavo Mendanha tem a máquina da prefeitura e um prefeito, Maguito Vilela, muito bem avaliado”. Qual a saída? O tucano avalia que o mais racional é bancar o empresário Alcides Ribeiro — mais conhecido como Professor Alcides — dono da Unifan, que tem um curso de Medicina no município, e de outros negócios. “Alcides já avisou que não precisa de recursos externos.”

A fala de Alcides deve ser interpretada da seguinte forma: “Quer o (e precisa do) apoio do governador Marconi Perillo, mas tem como bancar sua campanha. Ozair José, pelo contrário, precisa desesperadamente do apoio do tucano-chefe. Apoio que, logicamente, não virá. Não por que Marconi não quer ajudá-lo, e sim porque obter dinheiro para campanha eleitoral, a partir de 2016, será cada vez mais complicado”.