TSE confirma Sandes Júnior como vereador em Goiânia

Um ex-vereador tentou retirar o mandato de Sandes Júnior. Mas a Justiça decidiu por 7 a 0 que ele continuará na Câmara Municipal

Um candidato a vereador denunciou à Justiça Eleitoral que Sandes Júnior não havia participado da convenção do partido Progressistas, em 2020, e por isso não poderia ter sido candidato a vereador. Na primeira instância, uma magistrada concordou com o “denunciante”.

Sandes Júnior, vereador e líder do prefeito na Câmara Municipal, e Rogério Cruz, prefeito de Goiânia | Foto: Reprodução

Sandes Júnior apresentou a documentação — inclusive um aliado do denunciante admitiu que o viu na convenção — e o TRE decidiu (por 7 a 0) que o vereador deve continuar na Câmara Municipal de Goiânia. Não contente, o denunciante recorreu ao Tribunal Superior Eleitoral.

Pois o TSE decidiu a favor de Sandes Júnior por 7 a 0.

Como líder do prefeito de Goiânia, Rogério Cruz, Sandes Júnior é apontado como um vereador democrático e agregador.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.