Se o postulante do PSDB for eleito governador, o deputado federal, aceitando a vice, se credenciará para a disputa de 2022

Fotos: Ascom/Vice-governadoria e Jornal Opção

O deputado federal Thiago Peixoto, do PSD, deve ser o vice na chapa do candidato a governador pelo PSDB, José Eliton.

A tese de parte do pessedismo é a seguinte: se eleito, tendo assumido o governo em abril de 2018, José Eliton não poderá disputar o governo em 2022, quando possivelmente será candidato a senador. Como vice, e por ser um político articulado, Thiago Peixoto estará credenciado como postulante ao governo.

Teoricamente, não se deve discutir 2022 quando nem mesmo a eleição de 2018 ocorreu, mas traçar cenários é uma arte dos políticos. Em 2014, se tivesse sido vice de Marconi Perillo, Vilmar Rocha seria candidato a governador na eleição seguinte. Resta saber se Thiago Peixoto, em nome não se sabe de que, vai deixar o cavalo, quase arreado, escapar de sua porta.