Thiago Peixoto deve ser o vice de José Eliton. Seria uma aposta na renovação do Tempo Novo

Montagem

Fotos: Fernando Leite

“Não há cedo em política — só tarde”, dizia o mestre dos mestres Tancredo Neves. Por isso, o vice-governador José Eliton (PSDB) trabalha, em tempo integral, tanto como gestor, na Secretaria de Desenvolvimento Econômico, quanto como articulador político.

José Eliton está, desde já, operando a montagem de uma ampla frente política para bancá-lo para governador em 2018. Ele está aparando arestas e conquistando novas forças.

Entre os principais aliados de José Eliton está o secretário de Gestão e Planejamento do governo, o deputado licenciado Thiago Peixoto, do PSD.

Thiago Peixoto diz, com todas as letras, que a vaga do PSD na chapa majoritária em 2018 será de Vilmar Rocha, que pretende disputar mandato de senador. Isto é possível. Mas há outra possibilidade e nem o presidente do PSD seria contra: Thiago Peixoto pode ser o vice de José Eliton. O motivo?

Talvez motivos. Primeiro, uma chapa com dois jovens, com ideias arejadas, significará que o Tempo Novo sabe se renovar.

Segundo, Thiago Peixoto é, além de um técnico eficientíssimo — um poço de ideias criativas para modernizar o Estado —, um político articulado, agregador.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.