Issy Quinan diz que Caiado, se pede apoio do governo federal, tem de ajudar prefeituras

“Prefeitos não têm condições financeiras de consertar rodovias e cuidar de Vapt Vupt”, afirma o gestor de Vianópolis

O prefeito de Vianópolis, Issy Quinan, do Progressistas, afirma que a tendência é que o ex-prefeito de Inhumas Abelardo Vaz não assuma o comando do PP metropolitano. “Trata-se de um fardo pesado, sobretudo às vésperas de uma eleição municipal. Quanto às qualidades políticas e morais, Abelardo é altamente qualificado. Ele dignifica o Progressistas.”

Issy Quinan, prefeito de Vianópolis: o governo de Goiás precisa de ajuda, assim como as prefeituras do Estado|Foto: Jornal Opção

Sobre o governo de Ronaldo Caiado, Issy Quinan é cético. “Não se pode falar, ao menos neste momento, que há um relacionamento entre o governador Caiado e os prefeitos de Goiás. É preciso admitir que há problemas e que ele está tentando equacioná-los. Mas, se pede ajuda ao governo federal para tocar sua gestão, deveria ajudar os prefeitos.”

Prefeitos, sublinha Issy Quinan, “não têm condições financeiras de consertar rodovias e cuidar de Vapt Vupt. O governo não pode fechar os olhos para os problemas dos municípios”. Os prefeitos não podem ser abandonados ao deus-dará.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.