Silêncio de João Gorski sobre paralisação da Polícia Civil desagrada o governo e, até, a delegados

Embora exerça um cargo de confiança, o delegado-geral não se manifesta sobre movimento dos policiais civis

joao carlos gorski 620x370 (1)

O delegado-geral da Polícia Civil de Goiás, João Gorski, é considerado dentro do governo como um profissional sério e competente. Disso ninguém tem dúvida. Mas alguns delegados dizem (em off) que, quanto ao movimento que articula a paralisação da Polícia Civil, Gorski decidiu não se manifestar.

Como exerce um cargo de confiança, Gorski deveria ter se posicionado, com firmeza, ao lago do governo, mas, segundo os delegados, não o fez. Seu silêncio, tido como ensurdecedor dentro do governo, parece cada vez maior.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.