Se não for eleito prefeito de Anápolis, Carlos Antônio pode disputar mandato de deputado federal

232

O deputado federal Alexandre Baldy vive uma situação complicada. Orientado pelo ex-deputado Sandro Mabel, está tentando pavimentar um caminho independente — uma espécie de terceira via — tanto do PSDB do governador Marconi Perillo quanto do PMDB de Daniel Vilela. Mas há “drummonds” no meio do caminho.

Se não apoiar Carlos Antônio, do PSDB, para prefeito de Anápolis, na eleição deste ano, Baldy pode acabar prejudicando seus projetos futuros. Se o tucano for derrotado pelo prefeito João Gomes, por falta de apoio mais amplo, na eleição seguinte, em 2018, ou se for eleito, poderão ocorrer duas coisas. Primeiro, Carlos Antônio pode disputar mandato de deputado federal, o que prejudicará Baldy no seu principal colégio eleitoral. Segundo, se for eleito, o deputado pode bancar outro candidato a deputado federal, o que enfraquecerá ainda mais o líder do PTN. Acrescente-se que o município é reduto eleitoral do deputado federal Rubens Otoni, do PT.

Uma resposta para “Se não for eleito prefeito de Anápolis, Carlos Antônio pode disputar mandato de deputado federal”

  1. Avatar Fabiano disse:

    O povo falava isso do Frei Valdair! Veio a eleição de 2014 e o tal Baldy deu samba nele! Esse Carlos Antonio ta com cara de ser mais um Frei Valdair, num chega na eleição, coitado!

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.