De um peemedebista não-irista: “É preciso desmitificar uma coisa. Atribuem a Iris Araújo a liberação de uma espécie de saco de maldades contra peemedebistas, como José Nelto, Daniel Vilela e Maguito Vilela. Quem pensa que a ex-deputada tem tanta ‘autonomia’ assim comete um autoengano. Ela não faz nada, mas nada mesmo, em desacordo com Iris Rezende, seu líder supremo”.

Iris Araújo, na verdade, é uma porta-voz de Iris Rezende. A ex-deputada fica com a imagem negativa, de ser intransigente, e ele fica como a imagem de político que agrega e dialoga. O jogo só funciona para quem não conhece a mecânica real do casal.

A história do policial bonzinho e da policial mazinha não funciona mais. É puro mito, a ser desfeito.