Rubens Otoni sugere que PMDB apoie Antônio Gomide para governador

Rubens Otoni: "Para nós não há dúvida de que a candidata será Dilma” | Foto: Fernando Leite/Jornal Opção

 | Foto: Fernando Leite/Jornal Opção

O deputado federal Rubens Otoni (PT) afirma que, em crise e sem candidato a governador definido até agora, a quatro meses das eleições, “o PMDB pode apoiar Antônio Roberto [Gomide], do PT, para governador. O partido poderia indicar o vice e o candidato a senador.

Uma coisa é praticamente certa: parte do PMDB deve apoiar nosso postulante”.

Na opinião de Rubens, “a crise do PMDB abre mais possibilidades para alianças com Gomide. Nós estamos conversando com líderes de nove partidos — PC do B, PDT, PROS, Solidariedade, PPL, PHS, PRTB, PSDC e PTC. Por enquanto, são conversas, mas os líderes são simpáticos a Antônio Roberto, pois o veem como um candidato consistente em termos de conteúdo e ‘leve’ para carregar. Ele não tem arestas e restrições”.

Uma coisa é certa, frisa Rubens: “Antônio Roberto será candidato. Ele está consolidado e, portanto, não há mais como apoiar outro candidato. O que estamos discutindo agora é quem vai nos apoiar. No segundo turno, se o PMDB não nos apoiar no primeiro turno, estaremos juntos, possivelmente contra o governador Marconi Perillo”.

O deputado frisa que o PT goiano não mudou sua estratégia. “O que é mais interessante é que as portas estão se abrindo para nós. A sociedade aprecia ouvir o discurso sério e com conteúdo de Antônio Roberto. Anote: como agentes da mudança e símbolos do novo de verdade, nós vamos eleger o próximo governador de Goiás. Vamos subindo aos poucos, mas de modo sustentado, e, quando aquele que já se julga eleito, a despeito de não se ter campanha, acordar, nós estaremos no topo.”
Rubens talvez seja o responsável pela avaliação mais precisa sobre Júnior Friboi, que desistiu, na semana passada, de ser candidato a governador. “Acredito piamente que Friboi saiu do páreo em definitivo. Porque ele não é político — é empresário. Iris Rezende voltou porque é político. Mas acredito também que, dada a crise com Friboi, Iris pode não disputar a eleição para governador. O principal beneficiário será, é claro, Antônio Roberto.”

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Fernando

Só falta o PMDB pedir que o PT apoie Michel Temer para a Presidência da Republica. É brincadeira do Rubens Otoni.