Ronaldo Caiado exonera superintendente-executivo da Educação. É aliado de José Nelto

Manoel Barbosa estaria sendo perseguido pela secretária Fátima Gavioli, afirma líder do Podemos

Manoel Barbosa, secretário-geral do Podemos em Goiás | Foto: Divulgação

O superintendente-executivo da Educação, Manoel Barbosa, foi exonerado na sexta-feira, 7, pelo governador de Goiás Ronaldo Caiado.

Manoel Barbosa é aliado político do deputado federal José Nelto e é secretário-geral do Podemos.

Um líder do Podemos afirma que “Fátima Gavioli trabalhava, havia cinco meses, para afastar Manoel Barbosa. A secretária acredita que ele queria o seu cargo — o que não é verdadeiro. Ela chegou a dizer que o educador seria candidato a deputado, o que não é verdade, até porque a eleição será disputada apenas em 2022, daqui a mais de três anos”.

O integrante do Podemos diz que a indicação de Manoel Barbosa para o Conselho Estadual de Educação “desagradou” Fátima Gavioli. “Deputados apreciam a atuação de Manoel Barbosa porque é um educador autêntico, é cristão e é contrário à imposição da ideologia de gênero nas escolas.”

Servidores da Educação frisam que Fátima Gavioli “estaria contratando servidores — 232 — sem autorização do governador Ronaldo Caiado”.

Outro lado

Acionada, a assessoria de Imprensa da secretária da Educação enviou: “A secretária não vai comentar porque as nomeações e exonerações são de cunho do governador”.

A demissão no Diário Oficial

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Tati Abreu

Quem precisa ser exonerados tm e urgente são os comissionados do Tce e aliados da gestão anterior.

Alba Borges de Medeiros

Esse povo precisa é começar a adorar a Deus.

Dalmy Pedro

Boooaa Governador !! Se é aliado de José Nelto, não é aliado do Sr. !! Aliás, quem é José Nelto mesmo ??