Rodolfo Otávio deve ser candidato a presidente da OAB bancado por Lúcio Flávio

O advogado Danúbio Cardoso afirma que, enquanto abandona os advogados do interior, o presidente já trabalha o nome do “sucessor”

Foto: Facebook

O advogado Danúbio Car­do­so diz que a oposição ao presidente da OAB-Goiás, Lúcio Flávio, está colhendo informações sobre o trabalho dos advogados no interior. “Não está na­da fácil. A gestão de Lúcio Flá­vio ignora os advogados do in­terior, é como se não existissem, como se fossem invisíveis.”

Segundo Danúbio Cardoso, Lúcio Flávio está mais preocupado em fazer política do que em gerir a OAB “com qualidade” e “sem grupismos”. “A OAB, passada a eleição, tem de servir a todos os advogados, não apenas àqueles que são da ‘turminha’ do presidente.”

O desgaste da gestão de Lúcio Flávio “é tão grande” que até alguns de seus aliados, “os mais racionais”, estão “surpresos”. “Dado o desgaste, ele possivelmente não será candidato à reeleição. Ele deve bancar Rodolfo Otávio Pereira da Mota Oliveira para presidente, em 2018.”

Rodolfo Otávio é presidente da Casag e, de acordo com Danúbio Cardoso, é o mais cotado para receber o apoio de Lúcio Flávio. “Ele é articulado, não tem ‘comprado’ as brigas de Lúcio Flávio e há quem diga que se trata do verdadeiro gestor da OAB. Ele é chamado de o ‘homem das obras’ e de ‘eminência parda’”, afirma o advogado.

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.