Sabe-se que é mais difícil ser empresário no Brasil do que ir à Lua. Mesmo assim, Reinaldo Borba de Souza se tornou empresário e, ao mesmo tempo, vencedor.

Dono da Santo Antônio Auto Elétrica e da Santo Antônio Autopeças, com base em Porangatu mas atendendo toda a região Norte e parte do Tocantins, Reinaldo Borba de Souza (“Reinaldo Santo Antônio”) não diz aos amigos e aliados que será candidato a prefeito de Porangatu.

Mas amigos e aliados gostariam de apoiá-lo — e até bancá-lo — para prefeito do município mais próspero do Norte goiano. “A prefeita Vanuza Valadares não é gestora e, por isso, demorou muito tempo para fazer coisas relevantes na cidade. Reinaldo, pelo contrário, é um gestor nato. Seus negócios são bem administrados. Se for eleito prefeito, colocará Porangatu noutro patamar de desenvolvimento e, como homem decente, sem escândalos financeiros”, postula um empresário.

Reinaldo Borba foi presidente da Associação Comercial, Industrial e Agropecuária de Porangatu (Aciap). “Os empresários da cidade e a maioria dos prefeitos da região Norte certamente gostariam de vê-lo no comando da prefeitura”, assinala um ex-vereador. “Ele é sério, administrador de primeira linha e tem bala na agulha [dinheiro]”, acrescenta.

Mas Reinaldo Borba quer mesmo ser candidato a prefeito, tendo de enfrentar o poderio da máquina de Vanuza Valadares e da máquina financeira do empresário Eronildo Valadares? Não se sabe. Pode ser que sim. Pode ser que não.

Há outro empresário cotado para a disputa. Trata-se de Rafael do Charque, do Podemos. Ele é ligado ao deputado federal e empresário Glaustin da Fokus.

No momento, o céu é, para a prefeita Vanuza Valadares, do União Brasil, de brigadeiro. (E.F.B.)