PT de Selma Bastos sedimenta sua força na Cidade de Goiás

O petismo ficará 12 anos no comando da antiga capital do Estado. A prefeita foi decisiva para fazer o sucessor, Aderson Gouvea

Aderson Gouvea: prefeito eleito da Cidade de Goiás| Foto: Facebook

O PT ficará mais de uma década — exatos 12 anos — no poder na Cidade de Goiás, a ex-capital do Estado e um dos municípios mais emblemáticos do Cerrado.

A prefeita Selma de Oliveira Bastos Pires foi eleita em 2012 e reeleita em 2016. Trata-se de uma política conciliadora, articulada e nada adepta de radicalismos. Sempre teve um olhar prioritário para os pobres, mas sem descuidar de todos os moradores da cidade.

Na campanha deste ano, Selma Bastos decidiu bancar o presidente da Câmara Municipal, Aderson Liberato Gouvea, de 57 anos, para prefeito. O vereador também pertence ao PT.

Selma Bastos, prefeita de Goiás | Foto: Divulgação

A vitória de Aderson Gouvea não foi maiúscula, pois o petista obteve apenas 29,96% dos votos — contra 28,13% de Cosmo César dos Santos (PSC), o Cesinha, e 22,21% de Elber Carlos Silva (Avante) e 18,39% de Abner Curado (MDB).

O resultado, portanto, não mostra uma relativa fragilidade do postulante do PT, e sim que a eleição foi extremamente disputada. Tendo derrotado candidatos fortes, como Cesinha, Elber e Abner, o PT de Selma Bastos e Aderson Gouvea mostra força na bela cidade histórica.

O espírito conciliador do PT de Goiás ajudou na vitória de Aderson Gouvea, tanto que sua vice, Zilda Lôbo, é filiada ao Progressistas, um partido de centro-direita.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.