PSD vai bancar o vereador Renato Pereira para prefeito de Santa Helena

Parlamentar afirma que é preciso quebrar a polarização entre os grupos de Alcides Rodrigues e do MDB

O prefeito de Santa Helena, João Alberto Rodrigues (PRP), é chamado de “Cidinho em marcha lenta” por alguns adversários. Mas está no poder e a máquina pública ainda conta nos pleitos eleitorais. Mas a oposição está consolidada e pode lançar até três candidatos — o que, aliás, o prefeito agradeceria, porque passaria a ter mais chance de ser reeleito.

O MDB vai bancar Rones Ferreira, que é popular. O PSDB planeja lançar Erick Itacarambi, vereador mais bem votado na eleição de 2016.

Renato Pereira de Araújo, vereador, quer quebrar a polarização política em Santa Helena | Foto: Câmara Municipal de Santa Helena

A surpresa pode ser o vereador e radialista Renato Pereira de Araújo. Ele é filiado ao PDT, mas deve ser candidato pelo PSD de Vilmar Rocha e do deputado Francisco Júnior. “Sou diácono da Igreja Católica e muito ligado ao deputado Francisco Júnior”, frisa.

Renato Pereira afirma que há entre os eleitores um profundo cansaço com as duas forças políticas que fazem rodízio no poder há vários anos. Os grupos de Alcides “Cidinho” Rodrigues e do MDB transformaram a prefeitura numa espécie de feudo. Quando um grupo sai, o outro entra. O vereador acredita que agora chegou a hora da terceira via, da renovação.

“As obras feitas em Santa Helena são do governo estadual ou foram construídas com recursos federais. A prefeitura não tem uma ação concreta, não tem projetos locais. O funcionalismo público está muito descontente. Os professores não têm suas reivindicações atendidas. O prefeito João Alberto promoveu cortes de salários, mas de nada adiantou economizar, porque não reverteu em benefícios para a população. Santa Helena clama por mudança”, afirma Renato Pereira.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.