PSD dialoga com conselheiros tutelares de Goiânia

Presidente Vilmar Rocha e pré-candidatos Virmondes Cruvinel e Francisco Júnior receberam os novos conselheiros da capital na sede do PSD

Vilmar Rocha e conselheiros tutelares b53a48de-11e0-47c6-bbe5-c842f2dab865

[Os presidentes regional (Vilmar Rocha) e municipal (Dagoberto Menezes) do PSD com os pré-candidatos à Prefeitura de Goiânia e conselheiros tutelares em reunião na sede do partido]

Os conselheiros tutelares de Goiânia, eleitos em outubro do ano passado, estiveram na quinta-feira, 4, na sede do diretório estadual do PSD (Partido Social Democrático) para dialogar com o presidente da legenda, Vilmar Rocha, com os pré-candidatos a prefeito da capital, Virmondes Cruvinel e Francisco Júnior, e com demais lideranças e pré-candidatos do partido.

Durante o encontro, Vilmar Rocha, um dos grandes defensores e praticantes do diálogo na política, falou que as portas do PSD estão sempre abertas para receber e apoiar o trabalho dos conselheiros tutelares. “Nos colocamos a disposição de vocês para ajudar no que for possível, sobretudo na interlocução com o governo estadual”, ressaltou o secretário das Cidades, Infraestrutura e Meio Ambiente do governo de Goiás. Atendendo a uma solicitação dos presentes, Vilmar Rocha se comprometeu a agendar uma reunião com o governador Marconi Perillo, oportunidade esta, em que os conselheiros tutelares poderão apresentar suas demandas e reivindicações.

Respondendo uma pergunta de um dos conselheiros, o presidente estadual do PSD deixou claro que o partido terá candidato próprio a prefeito de Goiânia nas eleições deste ano. “É um desejo de toda nossa militância, temos nomes excelentes e tenho certeza que chegaremos unidos e fortes na disputa”, frisou.

Os deputados estaduais Virmondes Cruvinel e Francisco Júnior comentaram que é importante ouvir os conselheiros tutelares, pois eles são os representantes que estão mais perto da população, em todos os bairros da capital. Sobre o processo eleitoral, ambos explicaram que irão chegar a um consenso nos próximos meses e que o escolhido terá total apoio do outro e de todo o partido.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.