PSD de Anápolis pode bancar Ridoval Chiareloto para prefeito

Vilmar Rocha reafirma que os diretórios municipais têm “total autonomia para escolherem o que for melhor para o partido nos municípios”

Vilmar Rocha com o presidente do PSD de Anápolis Thiago Souza e o médico Olegário Vidal em recente conversa com o prefeito João Gomes

[Vilmar Rocha com o presidente do PSD de Anápolis,Thiago Souza, e o médico Olegário Vidal em recente conversa com o prefeito João Gomes, na Manchester goiana]

Apesar das recentes conversas do presidente municipal Thiago Souza com o prefeito João Gomes (PT), com o ex-prefeito Antônio Gomide (PT) e com o vereador e pré-candidato Fernando Cunha Neto (PSDB), o PSD anapolino deve seguir a tendência de Goiânia e também lançar candidato próprio para as eleições deste ano.

“Esse é um momento de diálogos e articulações”, explica Thiago Souza. “Estamos conversando com todos os partidos, mas nosso entendimento é de que o PSD deverá ter candidato a prefeito em Anápolis.”

Nesse sentido, os nomes mais cotados até o momento são o do empresário e jornalista Vander Lúcio, do médico e professor universitário Olegário Vidal e até mesmo do ex-secretário marconista Ridoval Chiareloto. “Nós, juntamente com o presidente Vilmar Rocha, já conversamos com ele a esse respeito e a possibilidade do Ridoval vir para o PSD e ser candidato existe sim”, revela Thiago Souza.

Presidente regional do PSD, o secretário Vilmar Rocha reafirma que os diretórios municipais do partido têm “total autonomia para escolherem o que for melhor para o partido nos municípios”. Essa liberdade inclui tanto alianças quanto candidaturas próprias. “Só ponderamos que o partido não deve lançar candidato apenas para lançar. Os nomes têm de reunir condições políticas e eleitorais para participar da disputa”.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.