No primeiro turno, Iris Rezende é o principal adversário de Vanderlan Cardoso e Antônio Gomide

Iris Rezende, Vanderlan Cardoso e Antônio Gomide: os “generais” políticos sabem que, para chegarem ao segundo turno, precisam ir à guerra

Iris Rezende, Vanderlan Cardoso e Antônio Gomide: os “generais” políticos sabem que, para chegarem ao segundo turno, precisam ir à guerra

No primeiro turno, todo mundo é adversário de todo mundo. Daí que o governador de Goiás, Marconi Perillo (PSDB), o ex-prefeito de Go­iânia Iris Rezende (PMDB), o empresário Vanderlan Car­doso (PSB) e o ex-prefeito de Anápolis Antônio Gomide (PT) são rivais e vão se criticar com acidez. Porque aquele que “alisar” o candidato “x” pensando na possibilidade de uma aliança no segundo turno pode não passar do primeiro turno. Para se apresentar como a melhor alternativa, os quatro candidatos terão, de algum modo, de exibir suas virtudes e diferenças e, aqui e ali, estocar os adversários.

Porém, há uma questão que merece ser discutida. Se as pesquisas de intenção de voto estiverem certas, no sentido de estarem mostrando um quadro aproximado do quadro que sairá da campanha — cruenta ou não —, é muito provável que o tucano Marconi esteja com os dois pés no segundo turno. Se isto se tornar um fato, a não uma especulação, como a que se está fazendo aqui, o grande rival de Vanderlan e Gomide, no primeiro turno, será Iris — e não Marconi.

Portanto, o candidato (ou candidatos) que concentrar seu fogo em Marconi — deixando Iris de lado — pode dar com os burros n’água.

Aquele que quiser disputar o segundo turno com o tucano-chefe — insistamos, se as pesquisas estiverem corretas — precisa fazer críticas duras e consistentes aos adversários. Iris Rezende, que pretende polarizar com Marconi, vai optar por atacá-lo e, assim, pode deixar os flancos desguarnecidos — sendo dinamitado por todos. Porque, no fundo, é o grande alvo de Vanderlan e Gomide.

Vanderlan e Gomide estão, respectivamente, em terceiro e quarto lugares nas pesquisas. Para se aproximar de Marconi, o líder nas pesquisas de intenção de voto, terão, primeiro, de superar Iris (quem alisar Iris dança). Ao mesmo tempo, para se aproximar de Iris, Gomide precisa superar Vanderlan. O resultado é que, para crescerem, Vanderlan e Gomide terão de bater, duramente, em Iris. Se não o fizeram, caem suas expectativas de chegar ao se­gundo turno.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.