Presidente do MDB de Rio Verde rejeita aliança com Marconi Perillo e aposta em Daniel Vilela

“Defendo candidatura própria do MDB. Mas vou respeitar a decisão da maioria. A decisão sobre candidatura ou alianças são tomadas por um colegiado”

Manuel Cearense, presidente do MDB em Rio Verde: “Daniel Vilela é o nosso nome para a disputa eleitoral de 2022” | Foto: Divulgação do MDB

O presidente do MDB em Rio Verde, Manuel Cearense, é radical: “Não aceito qualquer aliança do partido com o ex-governador Marconi Perillo. Quem se aproxima, politicamente, do ex-governador fica ‘contaminado’ e absorve seu imenso desgaste político. Portanto, qualquer líder que se aproximar do tucano não terá o apoio de nenhum emedebista verdadeiro”. O emedebista também integra o Diretório Estadual do MDB.

“Eu sempre defendi candidatura própria do MDB. Mas, como sou um político democrático, vou respeitar a decisão da maioria. A decisão sobre candidatura ou alianças não são tomadas por uma pessoa, e sim por um colegiado”, afirma Manuel Cearense.

Daniel Vilela: presidente estadual do MDB | Foto: Fernando Leite/Jornal Opção

O presidente do MDB da cidade que tem o quarto maior eleitorado de Goiás defende a candidatura de Daniel Vilela — presidente estadual do partido — para governador. “Sou vilelista.” Ele frisa que política, ao menos a grande política, exige lealdade partidária e aos líderes do partido.

Indagado se pode apoiar uma aliança do MDB com o governador de Goiás, Ronaldo Caiado, o líder político do Sudoeste goiano — a Califórnia brasileira — disse que, “como não há nada oficializado”, ainda não tem uma posição firmada. Ele frisa que continua trabalhando pela candidatura de Daniel Vilela. Mas ressalva que seguirá o líder, ou seja, o presidente do MDB.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.