Presidência da Câmara de Goiânia deve ficar entre Clécio Alves e Romário Policarpo

Internamente os dois nomes são os que ganharam mais apoio e força nos últimos dias

As negociações para definir os candidatos a presidente da Câmara Municipal de Goiânia vão se afunilando. Esse é um processo que não ocorre do dia para a noite, pois exige negociações e apoios que precisam ser cultivados até a hora do voto, no dia 1º de janeiro próximo. No entanto, as conversas vão se afunilando, e alguns nomes começaram a ser tratados com mais recorrência entre aliados. Dois tem se firmado na disputa à presidência da Mesa Diretora do Legislativo goiano: Clécio Alves (MDB) e Romário Policarpo (Patriota).

Internamente os dois nomes são os que ganharam mais apoio e força nos últimos dias. Embora haja negativas e até uma fuga dos holofotes que buscam dar luz para essa disputa, as negociações confirmam que Romário buscará a reeleição enfrentando Clécio, que é o nome escolhido pelos emedebistas. Ambos têm buscado manter a discrição.

Eleição de mesa diretora das câmaras municipais nunca podem se dizer “acertadas” com muita antecedência. Nomes surpresas podem surgir, apoiadores decisivos podem mudar de lado. Assim, só haverá alguma certeza no dia da eleição na Casa. Mas tanto Romário, quanto Clécio, seguem firmes no propósito e nas negociações.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.