Prefeitura de Aparecida terá debandada de descontentes com Gustavo Mendanha

Grupo já teria estabelecido conversa com Daniel Vilela, buscando espaço e reconhecimento junto as bases políticas

Pouco reconhecimento, desvalorização e distanciamento do prefeito Gustavo Mendanha. Essas são as principais queixas de um grupo de auxiliares que se organizam para deixar a Prefeitura de Aparecida de Goiânia. A debandada, segundo fontes consultadas pelo Jornal Opção, deve ocorrer ainda este ano.

Os insatisfeitos, em geral, ocupam cargos de segundo escalão na gestão de Mendanha. São diretores e gerentes, a maioria indicados por vereadores ou suplentes. Esse grupo, que tem em comum o descontentamento pela falta de reconhecimento e proximidade com o prefeito, que deseja se lançar candidato a governador do estado, já tem tratativas adiantadas com Daniel Vilela.

Esse grupo de descontentes deseja migrar da prefeitura de Aparecida de Goiânia para o governo do Estado. Nas tratativas, o que eles pedem é o reconhecimento, espaços dentro das articulações políticas e valorização junto a base eleitoral.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.