Prefeito de Sanclerlândia reforma hospital mas não cria estrutura pra paciente com Covid-19

A psicóloga Eliane Bomtempo diz que os pacientes em estado mais grave são encaminhados para tratamento em Goiânia

Hospital Municipal de Sanclerlândia | Foto: Reprodução

A psicóloga Eliane Bomtempo afirma que o prefeito de Sanclerlândia, Itamar Leão (PSDB), fez uma reforma no Hospital Municipal da cidade, mas “não investiu” com o objetivo de cuidar de pessoas que, porventura, se contaminarem com o novo coronavírus. Para se tratar de Covid-19, os pacientes do município terão que buscar assistência em outras cidades, com maior estrutura hospitalar, por exemplo Goiânia e Águas Lindas. O hospital local não tem respiradores e UTI.

Eliane Bomtempo, psicóloga: prefeito não criou estrutura para tratar de paciente com Covid-19 | Foto: Divulgação

Itamar Leão, ao proceder a reforma (com fachada luxuosa), também trocou o nome de Hospital Municipal São Vicente de Paulo para Hospital Municipal Olívio Mendonça. “Nada contra o nome de Olívio Mendonça; pelo contrário, é um nome importante para a cidade. A minha ressalva tem a ver com o fato de que, para fazer a mudança, o prefeito não consultou a Câmara e a sociedade. Trata-se de um gesto autoritário”, afirma Eliane Bomtempo, que é pré-candidata a prefeita pelo DEM.

Outro lado

O Jornal Opção ligou para o prefeito Itamar Leão e, depois, enviou uma mensagem de WhatsApp. Não houve resposta. Se o prefeito quiser, o espaço está aberto para sua manifestação.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.