Prefeito de Posse defende Iris Rezende e sugere que ex-prefeito e Júnior Friboi não são rivais

José Gouveia garante que não é dado à prática de nepotismo e diz que a oposição pela oposição é uma prática burra

José Gouveia Iris REzende e a mulher do prefeito6c9c1a35-f672-4aaf-85c0-c1c0a7e3c092

O prefeito de Posse, José Gouveia, não foi atacado pelo Jornal Opção. Costuma-se confundir crítica com ataque. O jornal chega a dizer que o fato de conversar com Iris Rezende não significa que deve ser qualificado como “traidor” e, do ponto de vista ético, o tem em boa conta. Aliás, mesmo se trocar seu partido pelo PMDB, não significa que seja traidor. Mudar de partido é uma prática comum aos políticos brasileiros, dos tradicionais àqueles que se apresentam como modernos e renovadores.

Quanto à questão do nepotismo, convém que observe a redação de um release enviado para a redação do jornal. A redação enviesada sugere que sua prima é secretária da Prefeitura.

Em relação a Iris Rezende e Júnior Friboi, o prefeito está muitíssimo mal informado. Os dois estão rompidos. Se a oposição de Posse é burra, como insinua o prefeito, não podemos dizer nada. Porém, mesmo se burra, é necessária. A oposição mais fortalece do que enfraquece um bom prefeito.

A resposta do prefeito é legítima e importante, pois mostra que é transparente e dá satisfação à sociedade. Contribui, portanto, para a democracia.

Abaixo, sem nenhum corte ou edição, a carta aberta do prefeito José Gouveia ao Jornal Opção.

(A fotografia é de autoria da Assessoria de Imprensa do prefeito de Posse)

 

CARTA ABERTA AO JORNAL OPÇÃO

José Gouveia

Foi com profunda indignação e sentimento de tristeza que li na noite de ontem (04/02/2016) a nota publicada neste importante veículo de comunicação, que retrata a política de Goiás com a qualidade que outros não alcançam. Lamento que tenham diminuído e pior, menosprezando a figura do grande político nacional Iris Rezende. Não importando a qual cargo ele esteja se candidatando agora, não podemos esquecer nunca que ele foi Ministro da Agricultura, da Justiça, Governador de Goiás, prefeito de Goiânia e senador pelo Estado.  Só este pequeno resumo deveria fazer com que seu patrimônio político e pessoal fosse respeitado.

Todos sabem que a família Gouveia, seja em Posse, Goiânia ou outra cidade qualquer tem suas raízes no PMDB. Temos orgulho do nosso passado, do nosso presente e esperança em nosso futuro, seja por qual sigla for. Para mim pessoalmente, que ocupo meu primeiro cargo eletivo, Iris Rezende é mais que um político a ser respeitado, um amigo da família, é um mestre da política a ser estudado e valorizado pelo conjunto de sua obra política. Se ele poderá ou não me ajudar politicamente em uma campanha só caberá a ele decidir. Apenas o seu carinho, apoio, acolhida e respeito me bastam.

Quanto à acusação de que Iris Rezende e Júnior Friboi são inimigos figadais, também acredito que esta frase menospreze o caráter de ambos. Os dois, com certeza, têm interesses maiores do que disputas políticas passadas que a oposição a mim tenta ressuscitar para  me prejudicar em  uma possível futura candidatura à reeleição. Tenho certeza que sã dois grandes brasileiros que pensam primeiro no Brasil e em Goiás.

Em relação aos ataques à minha pessoa e minha administração, quero dizer que são esperados e previsíveis. Tenho a consciência limpa, certeza do que faço e qualifico estes ataques como pífios. Lamento que um jornal da qualidade do Opção seja usado como massa de manobra, mas infelizmente isto também faz parte do processo político. Não são dignas de respostas acusações como nepotismo. Minha prima Áurea Rita é funcionária aposentada da Saúde, mora em Goiânia, não faz e nunca fez parte da administração de Posse e sempre militou com a família com o PMDB e nutre profunda admiração por Iris Rezende.

O mundo da política é feito de negociações, bastidores e os adversários de ontem poderão vir a ser os aliados de amanhã. Desta forma evito como sempre evitei, ataques pessoais por acreditar que cada pessoa tem seu valor e se um dia no futuro for necessário unir forças para o bem de Posse, não me furtarei a trabalhar seja com quem for. A oposição pela simples oposição é burra e um desperdício de energia e de tempo que poderia ser usado pelo bem de Posse.

Dito tudo isto espero que esta carta seja publicada e que os ataques à minha pessoa sejam mais qualificados, com um mínimo de embasamento e que pessoas com a história e a bagagem de vida de Iris Rezende e Júnior Friboi sejam preservadas de manobras mesquinhas.

José Gouveia é prefeito municipal de Posse.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.