Prefeito de Minaçu diz que, com amianto proibido, a Sama está se tornando uma empresa quase fantasma

A empresa tenta repassar a jardinagem de suas áreas para a prefeitura, assim como o custo de energia elétrica

O prefeito de Minaçu, Nick Barbosa (DEM), sugere que a Sama, produtora de Amianto, está se tornando quase uma empresa fantasma. “Ela já teve 3 mil funcionários e hoje tem apenas 150”, afirma. “Em crise, dada a proibição do amianto, a Sama não repassa recursos para a prefeitura e quer entregar a jardinagem de suas áreas para nós, inclusive o custo da manutenção da energia elétrica. A situação é dramática.”

3 respostas para “Prefeito de Minaçu diz que, com amianto proibido, a Sama está se tornando uma empresa quase fantasma”

  1. A CRÔNICA DA MORTE ANUNCIADA HÁ PELO MENOS 20 ANOS. NÃO FOI POR FALTA DE AVISO. A POPULAÇÃO DE MINAÇU PREFERIU ACREDITAR EM POLÍTICOS DEMAGOGOS, AUTORIDADES POPULISTAS E SINDICALISMO PELEGO.

  2. Abigail Novaes disse:

    Como tu es mentirosa Fernanda!!!!!!!

  3. Roberto Paiva Alencar disse:

    Vejamos, nobres leitores, em detrimento da saúde dos trabalhadores, do meio ambiente e com foco no DINHEIRO, empresários, sindicatos e membros da FIEG/CNI sempre estiveram lutando em prol do lucro a qualquer preço, sem sopesarem as mortes e problemas a quem de fato pega no pesado que são os servidores braçais, agora colhem o fruto desse desrespeito, dia 29/11/2017 ficará marcado na história em que a SAMA, FIEG e cia limitada de pessoas inescrupulosas lucraram e exploraram o suor e sangue das pessoas mais pobres mais que tiveram justiça, muitos já se foram e aos que restaram fica a certeza que quando Deus quer não há dinheiro ou pessoas no mundo que impessam sua justiça.
    Minaçu tera que se reinventar e vou deixar aqui a previsão do que irá ocorrer, quero ver onde estará o dinheiro ganho pela SAMA, FIEG E SINDICATOS? Será que parte desse lucro irá ajudar a cidade nessa nova etapa?
    Sabemos a resposta, CLARO QUE NÃO, pois, esses covardes são imediatistas e explorações, coronéis do mal e do ódio. Agora irão apreciar seus milhões aguardando a justica divina fazer o seu papel para com eles.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.