Prefeito de Jataí, Humberto Machado resiste mas pode ter de engolir candidatura de Victor Priori

humberto-victor-priori

Humberto Machado não tem simpatia por Victor Priori, mas, se o seu candidato não emplacar, pode acabar tendo de apoiá-lo

O prefeito de Jataí, Humberto Machado, do PMDB, por ser competente e focado, é capaz de fazer muito com pouco. Porém, em termos estritamente políticos, é “turrão” — a palavra é usada por um aliado para defini-lo — e avalia, errado, que pode eleger, se quiser, até uma pedra. Uma vez tentou fazer isto, e deu-se mal: seu candidato perdeu para Fer­nando da Folha. Agora, pode se repetir o mesmo.

Enquanto o prefeito de Aparecida de Goiânia, Ma­guito Vilela — líder político influente no Sudoeste goiano —, articula o empresário Victor Priori, do DEM, para prefeito, Humberto Machado prefere indicar Geneilton Assis. Trata-se de um homem de bem, humilde, mas politicamente inexpressivo e, portanto, terá de ser “carregado” pelo prefeito.

Se é “turrão”, Humberto Machado não é, porém, bobo. Pelo contrário, é inteligente e esperto. Portanto, há quem acredite que, se Geneilton Assis não deslanchar, acabe por aceitar o nome sugerido por Maguito Vilela. “Sou do PMDB, respeito e admiro Humberto e posso até marchar com seu candidato, porém é mais racional compor com Victor Priori, dados o apoio de Maguito Vilela e a estrutura de campanha que pode articular. O que nós queremos é que Humberto indique o vice do candidato do DEM. Pode ser o próprio Geneilton”, afirma um peemedebista, que, por enquanto, evita declinar o nome.

O peemedebista, que se apresenta como maguitistas-humbertista, afirma que, no momento, Victor Priori é o favorito, com Vinicius Luz, do PSDB, seguindo em segundo, e com Geneilton na lanterninha. “É óbvio que, dados o prestígio de Humberto e sua capacidade de trabalho, Ge­neilton se tornará, em breve, o segundo colocado, mas dificilmente terá condições de superar Victor Priori. A gente torce para que Humberto deixe o orgulho de lado e componha com o candidato de Maguito.”

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.