Preço da gasolina vai subir de novo. Petrobrás não vai “importar caro para vender barato”

Executivo da Petrobrás disse à revista “Veja” que “não há saída: ou sobe o preço ou faltará combustível na bomba”

Posto de gasolina em Goiânia | Foto: Euler de França Belém/Jornal Opção

A coluna “Radar”, a mais lida da revista “Veja”, informa que novos reajustes nos preços dos combustíveis estão a caminho. Por isso, um executivo da Petrobrás revelou à publicação da Editora Abril que “não há saída: ou sobe o preço ou faltará combustível na bomba: ‘Ninguém vai importar combustível caro para vender barato aqui’”.

O presidente Jair Bolsonaro tem dito, porém, que estuda medidas para reduzir o preço dos combustíveis. Há quem acredite que está apenas “fazendo” política eleitoral. Porque, se a gasolina está cara lá fora, não há como subsidiá-la no Brasil.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.