Povo de Goianira “castigou” Miller Assis com sua melhor arma, o voto, e elegeu Carlão da Fox

A missão do prefeito eleito pelo PSDB é recuperar a cidade e as finanças da prefeitura. Não será fácil, mas ele é experiente

Miller Assis: correndo dos eleitores? Não. Os eleitores é que correram dele

Miller Assis: correndo dos eleitores? Não. Os eleitores é que correram dele

Recentemente, dois jornalistas flagraram um grupo de Goianira participando da Romaria de Trindade, uma das mais famosas, senão a mais famosa, de Goiás. Os repórteres perguntaram: “Estão cumprindo alguma promessa?”. O grupo, composto por mais de 50 pessoas, escalou uma espécie de porta-voz para responder: “Sim, estamos”. Qual é a promessa? O porta-voz disse, meio intimidado: “Nós vamos pedir ao Altíssimo para reduzir o tempo de Miller Assis na Prefeitura de Goianira”. Estaria brincando? Quem sabe, mas não parecia.

O fato é que Miller Assis fez uma administração anódina, sem obras importantes e cercou-se de uma assessoria de baixa qualidade. Agora, durante a campanha que os tucanos consideram sórdida, com ataques brutais à honra do candidato do PSDB, Carlão da Fox, os eleitores decidiram dar o troco.

Os eleitores ouviram e leram as diatribes de Miller Assis, mas o que foi dito não agradou e, por isso, com os votos apurados, o que se viu foi uma votação estrondosa em Carlão da Fox, que obteve 16.421 votos (69,25%). Trata-se de um dos candidatos mais bem votados destas eleições.

A partir de 2017, Carlão da Fox terá uma missão árdua pela frente: recuperar a cidade e as contas da prefeitura. É possível que só ao assumir saberá a dimensão exata do possível rombo deixado por Miller Assis.

O prefeito Miller Assis obteve apenas 7.293 votos, ou seja, 30,75%. É pouco, muito pouco, para quem estava no comando da prefeitura.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.