Polícia Federal prende o ex-ministro Guido Mantega

O ex-ministro da Fazenda é suspeito de arrecadar propina para pagar dívidas de campanhas do PT, em 2012

Ex-ministro da Fazenda Guido Mantega participa de audiência pública na CPI do BNDES na Câmara dos Deputados | Fabio Rodrigues Pozzebom/Agência Brasil

Ex-ministro da Fazenda Guido Mantega é apontado como um dos arrecadadores de propina para pagar dívidas de campanha do PT | Fabio Rodrigues Pozzebom/Agência Brasil

A Operação X, 34ª fase da Operação Lava Jato, prendeu na quinta-feira, 22, o ex-ministro da Fazenda Guido Mantega, do governo de Dilma Rousseff. Trata-se de uma prisão temporária. Ele estava no Hospital Albert Einstein, acompanhando sua mulher, que está internada para uma cirurgia.

Guido Mantega é apontado como um dos suspeitos de agir na arrecadação de propinas para o PT em 2002. O ex-ministro teria arrecadado dinheiro, pela sistema de propina, para pagar dívidas de campanhas do PT. Trata-se de contatos de duas plataformas, P67 e P70. Segundo o “Estadão”, “nesta fase da operação policial são investigados fatos relacionados à contratação pela Petrobrás de empresas para a construção de duas plataformas — P67 e P70 — para a exploração de petróleo na camada do pré-sal, as chamadas FSPO’s (Floating Storage Offloanding)”. As empresas não teriam experiência na área.

A Polícia Federal cumpre 49 ordens judiciais (33 mandados de busca e apreensão, oito mandados de prisão provisória e oito mandados de condução coercitiva). 180 policiais federais e 30 auditores fiscais cumprem as ordens judiciais em São Paulo, Rio de Janeiro, Rio Grande do Sul, Minas Gerais, Bahia e Brasília.

O “Estadão” informa que “o nome ‘Arquivo X’ dado à investigação policial é uma referência a um dos grupos empresariais investigados e que tem como marca a colocação e repetição do ‘X’ nos nomes das pessoas jurídicas integrantes do seu conglomerado”. Trata-se de uma empresa do ex-bilionário Eike Batista.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.