Há quem aposte que o ex-presidente da Agetop pode se tornar o Antônio Palocci de Goiás

Comenta-se que, sob pressão intenta, Jayme Rincon fará delação premiada. O ex-presidente da Agetop é um homem duro, mas a Polícia Federal e o Ministério Público Federal podem se aproximar, perigosamente, de sua família. Há quem aposte que pode se tornar o Antônio Palocci de Goiás.

Paulo Roberto Costa, do escândalo da Petrobrás, fez delação premiada e preservou a família. Resta saber se, com Jayme Rincon, acontecerá o mesmo.

O fato é que alguma delação premiada deve ocorrer. Fala-se, até, que o dono de um cartório, em Goiás, pode ser convocado para conversas produtivas. Assim como dois empreiteiros, conhecidos como “trens pagadores”. Eles são irmãos e um é conhecido como Caixa Forte e o outro como Cofre de Todos.