Perillo deve impor Lêda Borges na vice de Mendanha e Campos pode ir a senador

Lêda Borges é um nome do Entorno de Brasília, região como grande eleitorado. João Campos é outra aposta do prefeito de Aparecida

O ex-governador Marconi Perillo (PSDB) tende a impor a deputada estadual Lêda Borges (PSDB) na vice do prefeito de Aparecida de Goiânia, Gustavo Mendanha, na disputa para governador de Goiás em 2022.

Lêda Borges e Gustavo Mendanha: a chapa dos sonhos de Marconi Perillo | Foto: Reprodução

A tese é a seguinte: Mendanha é desconhecido no Entorno de Brasília, portanto precisa na vice de uma candidata da região. E, sendo vice, Lêda Borges abre espaço para Perillo disputar mandato de deputado federal como um dos representantes do Entorno. Um ex-tucano pontua: “Lêda Borges perdeu a Prefeitura de Valparaíso para um ex-pupilo, Pábio Mossoró, e tem forte resistência em cidades como Novo Gama e Luziânia”.

João Campos quer ser candidato a senador na chapa de Ronaldo Caiado, mas, se não for possível, deve caminhar com Mendanha | Foto: Fernando Leite/Jornal Opção

Mendanha opera, agora, para conquistar o apoio do deputado federal João Campos — que iria a senador. Seria uma aposta numa chapa de evangélicos: Mendanha e Campos, os dois da Assembleia de Deus.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.