Paulo Teles diz que talvez nem vote para presidente na eleição da OAB Goiás

Do desembargador aposentado Paulo Teles para um repórter do Jornal Opção: “Desisti de disputar a presidência da OAB-Goiás não por falta de ideias e aliados, e sim por escassez de recursos financeiros”.

Paulo Teles diz que fica horrorizado ao ser informado que um marqueteiro recebeu 500 mil reais para fazer uma campanha. “Devo ficar neutro e, dependendo de minhas audiências no interior, é possível que nem mesmo vote nas eleições deste ano.”

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.