Vanderlan Cardoso, pressionado pelo PSB, começa a “desencarnar” de Senador Canedo

O empresário começa a se preocupar mais com as eleições de Goiânia. Mas, se é plebeu na capital, é rei no município vizinho

Vanderlan-Cardoso-e-Lúcia-Vânia-23

O pré-candidato a prefeito de Goiânia pelo PSB, Vanderlan Cardoso, começa a “desencarnar” de Senador Canedo. Pressionado pela cúpula do partido, que o quer participando da política da capital, o empresário começa a organizar reuniões políticas com aliados goianienses.

Até pouco tempo, de cada dez telefonemas que recebia, pelo menos nove eram de Senador Canedo. E, de cada dez telefonemas que fazia, dez era para o município administrado por Misael Oliveira, do PDT e seu ex-aliado.

Agora, recebe oito telefonemas do município e faz nove telefonemas para aliados da cidade vizinha de Goiânia. Os dados são tidos como um avanço pelos líderes do PSB. Vanderlan Cardoso começa a se preocupar com a disputa que interessa ao partido local e nacionalmente.

“O problema é que Vanderlan Cardoso é plebeu em Goiânia e rei em Senador Canedo”, filosofa um deputado estadual.

[Na foto: Vanderlan Cardoso e a senadora Lúcia Vânia, presidente do PSB]

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.