Paulistanos apostam em Datena para prefeito. Acham que pode resolver problema da segurança

Datena

Paulistanos avaliam que o apresentador de telejornal José Luiz Datena (PP) pode “ser o prefeito que vai combater a criminalidade e melhorar a segurança pública”. Mas têm dúvida sobre sua capacidade de administrar. Ele é visto como uma espécie de novo Paulo Maluf. O problema é que os eleitores não percebem que o problema da segurança pública não tem como ser resolvido unicamente por um prefeito. É um problema municipal, estadual e federal. Portanto, precisa-se de um trabalho integrado. A ideia de um prefeito justiceiro é um mito populista.

João Dória, possível candidato do PSDB, é apontado como elitista. Há sempre alguém que diz que se trata de um político de proveta, quer dizer, inventado de última hora como solução milagrosa.

Celso Russomanno é mencionado como um político “problemático”. Mas é bom de voto, ainda que muitos o avaliem como cavalo paraguaio: sai na frente, mas não ganha.

Marta Suplicy (PMDB) é citada como corajosa, mas ainda é associada com o PT pelos eleitores. Está tentando se distanciar da imagem de petista, mas os eleitores temem substituir um petista por outra quase-petista.

O prefeito Fernando Haddad é rejeitado pela maioria da população. As pessoas dizem que piorou a cidade. Além do desgaste pessoal, da falta de carisma, é filiado ao PT. O PT em São Paulo está destruído. Até Lula da Silva é visto como um político que usou a política para se dar bem.

Deixe um comentário