Paulinho Graus diz que o PDT vai bancá-lo para prefeito de Goiânia. “Não será a dra. Cristina”

“Eu perguntei: ‘Você está pronta para me apoiar?’ Ela respondeu: ‘Não estou pronta para te apoiar'”

O vereador Paulinho Graus é o presidente do PDT em Goiânia. “Estranha-me que os jornais, inclusive o Jornal Opção, fiquem mencionando que a vereadora Cristina Lopes será a candidata do PDT em Goiânia. Ora, ela nem é filiada ao PDT, pois pertence aos quadros do PSDB. Eu tenho as senhas das filiações e, insisto, a tucana permanece tucana. Se sair agora, pode até perder o mandato.”

Vereador Paulinho Graus | Foto: Fernando Leite/ Jornal Opção

Paulinho Graus afirma que manteve uma conversa com Cristina Lopes. “Eu perguntei: ‘Você está pronta para me apoiar?’ Ela respondeu: ‘Não estou pronta para te apoiar. O partido só serve se for para eu ser candidata a prefeita’. Portanto, a vereadora quer o partido só para ser candidata, não para fortalecê-lo. Eu, pelo contrário, trabalho, há anos, pelo seu crescimento e fortalecimento”.

Vereadora Cristina Lopes |Foto: Fernando Leite/Jornal Opção

O líder pedetista diz que é favorável à filiação de Cristina Lopes. “Ela é bem-vinda, mas precisa entender que não está acima do partido e de seus filiados. Aceito que, depois de pesquisas quantitativas e qualitativas, se ela estiver melhor, seja a candidata. Mas ela precisa admitir que, se eu estiver melhor, devo ser o candidato. É o processo democrático, não se pode chegar impondo candidatura. Já conversei sobre o assunto com o presidente nacional do PDT, Carlos Lupi. Então, insisto: ninguém fecha as portas para a dra. Cristina, mas também não aceito que ela chegue ‘arrombando’ as portas abertas do partido.”

Sobre o prefeito Iris Rezende, Paulinho Graus afirma que é “candidatíssimo” à reeleição. “Ele trabalha o tempo inteiro para a próxima disputa. Está focado.”

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.