Pastor Gentil deve disputar a Prefeitura de Goiânia pelo Podemos ou pelo Patriota

Evangélicos têm dois senadores, Luiz Carlos do Carmo e Vanderlan Cardoso, e o deputado estadual mais votado. Agora querem eleger o prefeito da capital de Goiás

Conhecido como Kajuru do meio evangélico, por causa de sua popularidade e pelo fato de ter programa na televisão, o pastor Gentil Rosa Oliveira pode ser candidato a prefeito de Goiânia. Seria uma aposta tanto de grupos evangélicos, de várias igrejas, quanto de grupos políticos não evangélicos. Ele é dirigente da Igreja Assembleia de Deus-Bethel. Trata-se de um religioso reverenciado.

Pastor Gentil Oliveira: uma das vozes respeitadas do meio evangélico brasileiro | Foto: Reprodução

O pastor Gentil não tem filiação partidária, mas seu passe político é tão valorizado quanto o do jogador Neymar. Pelo menos cinco partidos estão na sua cola, mas os competidores mais ferozes por sua filiação são o Podemos de José Nelto e Eduardo Machado e o Patriota de Jorcelino Braga.

Consta que o pastor Oídes José do Carmo, outra voz autorizada e respeitada no e fora do meio evangélico, deu carta branca ao pastor Gentil. Oídes é irmão do senador Luiz Carlos do Carmo (MDB) e sogro do deputado estadual Henrique César (o mais votado na eleição de 2018).

Os evangélicos de Goiás têm dois senadores, Luiz Carlos do Carmo (MDB) e Vanderlan Cardoso PP), e o deputado estadual mais votado, Henrique César (PSC). Agora querem eleger o prefeito da capital de Goiás .

O pastor Gentil dirige igrejas em todo o Brasil — 130 igrejas delas em Goiânia e no seu entorno. Ele é uma referência evangélica.

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.