Os favoritos Iris Rezende e Vanderlan Cardoso podem não disputar Prefeitura de Goiânia

O prefeito pode abrir mão para o ex-governador Maguito Vilela (ou para Paulo Ortegal) e o PSD pode bancar o deputado federal Francisco Júnior

Vanderlan Cardoso, do PSD, e Iris Rezende, do MDB, são apontados como favoritos na disputa pela Prefeitura de Goiânia| Foto: Reprodução/TV Anhanguera

A disputa para prefeito de Goiânia apresenta, no momento, um quadro inusitado. Os dois principais favoritos, o prefeito Iris Rezende, do MDB, e o senador Vanderlan Cardoso, do PSD, podem não disputar. Não há nada definido, porque a pandemia do novo coronavírus segurou um pouco as articulações políticas. “Segurar” não é, porém, sinônimo de “paralisar”. As conversas continuaram e, agora, estão se aprofundando.

Maguito Vilela: a alternativa do MDB | Foto: Fernando Leite/Jornal Opção

Mas há a possibilidade de Iris Rezende não disputar a reeleição. Se não for candidato, pode tanto bancar Maguito Vilela quanto Paulo Ortegal para prefeito. Comenta-se, nos bastidores do MDB, que o prefeito tende a bancar a candidatura de Maguito Vilela, com Paulo Ortegal na vice. Mas há também quem afirme que o candidato a prefeito pode ser o próprio Paulo Ortegal, com um membro do DEM na vice.

Francisco Júnior: um dos pré-candidatos do PSD a prefeito de Goiânia | Foto: Divulgação

O PSD tem dois pré-candidatos a prefeito — Vanderlan Cardoso e Francisco Júnior. O senador aparece melhor nas pesquisas do que o deputado federal. Mas, no partido, há a aposta de que, no final, o candidato será mesmo Francisco Júnior, porque Vanderlan Cardoso não vai entregar o mandato de senador, de mão-beijada, para um emedebista, seu primeiro suplente. Afirma-se também que o senador pode apoiar Maguito Vilela em 2020 em troca de seu apoio para governador em 2022. “Não há nada definido, só conversas. O PSD vai lançar candidato em Goiânia, afinal time que não joga não tem torcida”, afirma um integrante do Partido Social Democrático.

Paulo Ortegal: braço direito de Iris Rezende na Prefeitura de Goiânia | Foto: Jornal Opção

O fato é que um cenário de disputa sem Iris Rezende e Vanderlan Cardoso não pode ser descartado.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.