O PT vai precisar de um guerreiro como Luis Cesar ou Humberto Aidar na disputa de 2016

Luis Cesar Bueno e Humberto Aidar: os pesos-pesados do PT em Goiânia são bem articulados

Luis Cesar Bueno e Humberto Aidar: os pesos-pesados do PT em Goiânia são bem articulados

Petistas históricos, acostumados com várias batalhas eleitorais, em épocas de vacas gordas e magras, sugerem que, em 2016, o PT vai precisar de um candidato a prefeito de Goiânia que faça tanto a defesa do prefeito Paulo Garcia, de sua gestão, quanto do PT como partido. Dado o desgaste do PT, com denúncias contundentes de que se envolveu num processo de corrupção pantagruélico, não será muito fácil fazer sua defesa. Mas de sua defesa, explicitada com vigor e clareza, depende o sucesso (ou o insucesso) eleitoral dos candidatos a prefeito do partido. Em Goiânia, uma política moderada, até doce, como a deputada estadual Adriana Accorsi, teria condições de promover a guerra para conquistar a paz? Tudo indica que não. Para a batalha, o deputado estadual Luis Cesar Bueno (e Humberto Aidar) é um guerreiro com mais argumentos técnicos e articulação. Trata-se de um peso-pesado acostumados a debates duros na Assembleia Legislativa de Goiás.

Uma resposta para “O PT vai precisar de um guerreiro como Luis Cesar ou Humberto Aidar na disputa de 2016”

  1. Avatar Epaminondas disse:

    Vai ser divertida a convenção regional do PT: Vão escolher quem vai sofrer uma derrota humilhante. Não basta uma administração apagada de Paulo Garcia, tem ainda todo o desgaste da crise que a legenda sofre.

    Se ainda existe algum petista com chances eleitorais, vai trocar de legenda rapidinho. Convém ficar de olho nestes ratos abandonando o navio que afunda.

    O TSE pode até não cassar o registro da legenda, mas ela vai definhar até virar linha auxiliar de algum outro partido.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.