O general Mourão pode enfrentar Jair Bolsonaro em 2022, segundo Levy Fidelix

“É uma decisão pessoal. É o nosso Pelé. Joga para atuar na posição que quiser dentro de campo. Queremos estar preparados para oferecer a ele toda estrutura”

O vice do presidente Jair Bolsonaro em 2022 tende a ser “terrivelmente evangélico”, ou, quem sabe, indicado pelo centrão. A revista “Veja” sugere que, ante a possível decisão do atual parceiro, o vice, general Hamilton Mourão, do PRTB, pode ser candidato a presidente. Ele estaria “precipitadamente pronto” para continuar como vice. Se não der, seguirá outro projeto.

Jair Bolsonaro, presidente da República, Levy Fidelix, presidente nacional do PRTB, e Hamilton Mourão, vice-presidente da República | Foto: Reprodução

“Ele pode ser senador, vice ou, quem sabe, disputar o Planalto”, afirma Levy Fidelix (não é personagem de Asterix, não), presidente do PRTB.

Segundo a revista, “Fidelix acredita que a visibilidade das eleições municipais e a imagem de Mourão deem musculatura à legenda, permitindo ao PRTB competitividade até para uma eventual disputa presidencial. O dirigente, que concorreu para presidente nas eleições de 2010 e 2014, diz que abriria mão da disputa caso o atual vice-presidente desejasse concorrer. ‘É uma decisão pessoal dele. Ele é o nosso Pelé. Se quiser jogar, joga para atuar na posição que quiser dentro de campo’, ponderou. ‘Queremos estar preparados para oferecer a ele toda estrutura’”.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.