O ex-presidente da Odebrecht e todos os executivos vão fazer delação premiada

A descoberta de um departamento de propina na empreiteira balançou a família Odebrecht e os diretores

Empresário Marcelo Odebrecht, investigado na Operação Lava Jato | Foto: EBC

Empresário Marcelo Odebrecht, investigado na Operação Lava Jato | Foto: EBC

 

O ex-presidente da Odebrecht Marcelo Odebrecht e executivos da empresa decidiram fazer delação premiada ou, como a empreiteira prefere, uma colaboração ampla e efetiva com as investigações da Polícia Federal e do Ministério Público Federal. O fato de que a Polícia Federal descobriu um departamento especializado em pagar propina na empreiteira — com contabilidade paralela — mexeu com os nervos da família Odebrecht. O pai de Marcelo Odebrecht teria pressionado o filho a fazer o acordo de delação premiada.

Mesmo com Marcelo Odebrecht preso, a empresa continuava pagando propinas.

O marqueteiro João Santana e sua mulher, Mônica, receberam dinheiro da empresa até novembro de 2014.

As preocupações do PT aumentaram com a notícia de que Marcelo Odebrecht fará delação premiada. O ex-presidente Lula da Silva mantinha forte ligação com a empreiteira.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.