Nem mesmo Iris Rezende tem controle da eleição para presidente da Câmara Municipal

Quadro de Salvador Dali

Quadro de Salvador Dali

Um deputado estadual construiu uma teoria curiosa sobre a disputa para presidente da Câmara Municipal de Goiânia: “Só quatro vereadores não compõem com o grupo do prefeito eleito, Iris Rezende (PMDB) — Cristina Lopes, Elias Vaz, Milton Mercez e Anselmo Pereira  — e só quatro vereadores não compõem com o grupo do governador Marconi Perillo (PSDB), Clécio Alves, Wellington Peixoto, Paulinho Graus e Andrey Azeredo. O restante é ‘colado’ com cuspe. Quer dizer, é manobrável”.

O que o deputado está sugerindo é que nada está definido na eleição para presidente do Legislativo. Ninguém, nem mesmo Iris Rezende, tem controle da situação.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.