Nárcia Kelly, de Bela Vista, inova e não vai colocar fotos suas nas repartições

A prioridade da prefeita eleita de Bela é economizar e pagar merenda a milhares de estudantes

A campanha da advogada Nárcia Kelly em Bela Vista foi cheia de novidades interessantes. Sabe-se que o mais importante na inovação para obter votos é a vitória. Deu certo, porque gastou muito pouco para ser a primeira mulher a dirigir a centenária cidade. E não foi um triunfo qualquer: derrotou dois empresários, Luiz das Tintas e Leonardo Guimarães, o candidato do prefeito Eurípedes do Carmo e filho do ex-prefeito Vanderlan Celso e Silva. O prefeito, por sinal, dizia que, mais do que eleger uma pedra, elegeria até um toco. O resultado das urnas sugere que Toco “do” Carmo, por demais deteriorado, não emplacou.

Pois NK (lembra JK) inova de novo: entre outras decisões administrativas para moralizar os gastos públicos, resolveu que não vai colocar sua foto nos departamentos e secretarias municipais. Até onde se sabe, é a primeira vez no Brasil que alguém chefe de Executivo se recusa a colocar sua imagem emoldurada em repartições, consultórios, escolas, enfim, em todos os órgãos da administração pública. A jovem de 29 anos não se interessa pelo celebrado culto à personalidade.

“Além de abominável e inútil para a população, o culto à personalidade é caro”, disse Nárcia Kelly ao Jornal Opção, enquanto fazia os últimos preparativos para tomar posse. “Estou livre dessa vaidade e o município está livre de mais uma despesa.”

Merenda escolar é prioridade

Num município do porte de Bela Vista, a produção, a contratação do fotógrafo, a cópia das imagens e as molduras para cada uma das salas custariam entre R$ 30 mil e R$ 100 mil, conforme o luxo do governante e o cachê dos profissionais. “Prefiro reservar esse dinheiro para algo necessário e imprescindível”, diz Nárcia Kelly, “como a merenda escolar”.

A lógica da prefeita eleita é impossível de ser contestada: o governo federal envia R$ 0,30 para alimentar cada aluno. Assim, pelos recursos que vêm de Brasília, apenas evitando espalhar pôsteres pelos órgãos públicos Nárcia Kelly vai proporcionar entre 100 mil e 330 mil refeições para os estudantes de Bela Vista.

Não se sabe como estão as finanças da prefeitura, mas em tempos de crise a melhor medida é sempre economizar. Difícil é encontrar algum que abra mão da vaidade.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.