Ministro Eliseu Padilha anuncia saída do governo

Vice-presidente da Fundação Ulysses Guimarães, vinculada ao PMDB, estava à frente da Aviação Civil. Dilma não teria sido comunicada sobre decisão até o momento

Eliseu Padilha pede afastamento da Secretaria de Aviação Civil | Foto: Reprodução/Site

Eliseu Padilha pede afastamento da Secretaria de Aviação Civil | Foto: Reprodução/Site

O ministro da Secretaria de Aviação Civil, o advogado Eliseu Padilha, anunciou o afastamento do governo da presidente Dilma Rousseff (PT), nesta sexta-feira (4).

O assessor da petista é vice-presidente da Fundação Ulysses Guimarães, vinculada ao PMDB.

As primeiras informações são de que a presidente não teria sido comunicada sobre a decisão até o momento. O ministro preferiu não comentar o caso com jornalistas. Ele informou que irá conversar diretamente com a petista sobre sua saída.

O anúncio vem em momento de tensão no Palácio do Planalto, já que o presidente da Câmara dos Deputados, o também peemedebista Eduardo Cunha (RJ), aceitou pedido de abertura do processo de impeachment contra a petista.

Deixe um comentário