Mendanha deve oficializar noivado com o Podemos, depois de abandonar a noiva, o PL, no altar

A deputada federal Renata Abreu teria dado garantia de que não vai puxar o tapete do prefeito e vai bancá-lo para governador

O prefeito de Aparecida de Goiânia, Gustavo Mendanha, noivou com o Podemos da deputada federal Renata Abreu. Frise-se: noivado não é casamento. É uma carta de intenção.

Mendanha abandonou a noiva anterior — o PL — praticamente no altar.

André Luis Rosa, secretário da Fazenda; Fábio Passaglia, secretário de Governo e Casa Civil, Renata Abreu, presidente nacional do Podemos, e Gustavo Mendanha, prefeito de Aparecida de Goiânia — em São Paulo | Foto: Divulgação

Por que o Podemos? Há uma crença, entre os mendanhistas, que o partido dirigido por Renata Abreu não vai puxar o seu tapete. Os dois conversaram demoradamente.

Já o PL de Valdemar Costa Neto, dado o histórico de negociações, não seria confiável e poderia, na agora agá, puxar o seu tapete. Mendanha confia em Magda Mofatto — empresária que deixou a ex-vereadora Cristina Lopes na chapada em 2020, impedindo-a de disputar a Prefeitura de Goiânia —, mas não confia na cúpula nacional.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.